Menu

Grifes investem mais no vidro do perfume do que na fragrância

Há perfumes cujo frasco vale mais do que a fragrância. Na hora da compra, o primeiro fator de sedução não é o líquido, mas o que o guarda. Tanto é assim que é dedicado aos frasco 60% do custo do produto. Não à toa, as marcas investem pesado no design. E não há um estilista de alta costura que não deixe seu DNA também na perfumaria.

O mais icônico e clássico deles é o Chanel nº 5, com seu inconfundível design art deco. Por essas e outras é que, mesmo quando o líquido acaba, o vidro permanece na vida, na cômoda e na memória afetiva do consumidor, se transformando até em item de coleção e de decoração.

“Assim como a fragrância, a embalagem muitas vezes representa um contexto social ou cultural. O perfume L´Air du temps de Nina Ricci por exemplo, lançado logo depois da Segunda Guerra Mundial, em 1947, trazia em sua tampa duas pombas como símbolo da paz e representava muito bem o estilo de Nina Ricci, clássico e sofisticado”, diz a especialista e consultora em perfumaria, Renata Ashcar.

Quanto ao design mais desafiador da história da perfumaria, a especialista aponta o perfume Angel, de Thierry Mugler. “Aquele formato de estrela foi desafiador para ser produzido”, justifica.

A marca L’Occitane au Brésil busca, através do design do frasco, contar a história dos ingredientes de seus perfumes, ou a emoção que pretende transmitir. “O Cumaru, por exemplo, possui um frasco que remete à semente da árvore. Já o perfume Abraço é um gesto universal tipicamente brasileiro”, revela a gerentes de produtos da marca, Victoria Gallo.
Ciente da importância do frasco na vida de um perfume, a Natura investe constantemente em pesquisa de embalagem. “Quando temos uma nova marca, ou quando uma marca já existente passa por um redesign de pack, buscamos o consumidor para ajudar na tomada da decisão. Não somente pedindo-lhes que nos aponte qual pack é mais atraente (entre as opções mostradas para aquele projeto) mas também tentando entender qual frasco seria mais capaz de transmitir a imagem desejada ao produto”, explica a perfumista da Natura, Veronica Kato.

Ela aponta o perfume masculino K, lançamento recente da marca, como um frasco sofisticado. “Existe um conjunto de embalagem com design gráfico moderno e clean, com um sistema único e original de abertura da tampa”, descreve Kato.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

– Publicidade –

Notícias Recentes

Cadastre-se

Receba nossas notícias em seu e-mail.

Fotos Recentes