Menu

A combinação entre ciência e negócios

Em um mundo cada vez mais volátil, imprevisível e competitivo, o ato de desvendar os negócios sob a perspectiva da ciência comportamental e neurociência já não é mais algo opcional, e sim obrigatório. Costumo dizer isso porque para fazer os negócios funcionarem, é preciso de uma ação humana e humanos possuem estratégias mentais e hábitos comportamentais que para serem desvendados, é necessário compreender códigos.

O Neurobusiness une ciência e negócios ao usar os conhecimentos sobre cérebro, mente e comportamento humano. Com conceitos da neurociência comportamental, a técnica tenta prever a reação das pessoas quando submetidas a estímulos externos.

O objetivo dessa prática é, a partir da compreensão do comportamento do indivíduo e de como ele reage a determinadas circunstâncias, desenvolver técnicas de vendas, aprimorar conceitos de liderança e inovar. Tudo isso em busca de aperfeiçoar os processos empresariais em qualquer atividade que envolva a ação do consumidor.

A busca pelas respostas ocultas

Uma das principais técnicas do Neurobusiness consiste na busca pelas “respostas ocultas” dos consumidores. Por meio do uso de instrumentos para captar as reações dos clientes, os pesquisadores de Neurobusiness conseguem ir além das respostas tradicionais que por diversas razões podem omitir a verdadeira percepção de um consumidor sobre tal produto ou serviço.

Conte histórias

Entre as tendências observadas no mundo dos negócios para os próximos anos, não é por acaso que cada vez mais as empresas buscam desenvolver estratégias voltadas para a arte de contar histórias. Essa prática cria uma identificação imediata entre emissor e receptor. A empatia gerada é fundamental para seduzir e aproximar a marca e o consumidor.

Posicione a sua empresa

Hoje, o desejo do consumidor vai muito além de um atributo específico do produto que você vende. Ele procura marcas cujos propósitos sejam os mesmos que os dele. Por isso, defina quais são os valores da sua empresa e os divulgue ao mercado.

Atenção, interesse e vínculo

O caminho do consumo segue três etapas principais: a chamada de atenção do cliente, a manutenção do interesse por meio da entrega de valor e, por fim, a criação do vínculo que se dá através da percepção de que determinado produto é essencial.

O Neurobusiness tem auxiliado companhias de todo o mundo a se aprimorar em vendas e além disso, também contribui para o desenvolvimento de modelos de gestão mais eficientes e que levem em consideração as individualidades de colaboradores e gestores. É a ciência em prol do crescimento e, sobretudo, visando desvendar o maravilhoso e complexo universo da mente humana.

Em um futuro não muito distante, os novos negócios não serão mais baseados em um produto ou no consumidor, mas no próprio ser humano. Isso significa que para ter sucesso em qualquer fechamento de negócio será preciso levar em consideração o entendimento sobre o real comportamento e funcionamento da mente humana.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

– Publicidade –

Notícias Recentes

Cadastre-se

Fotos Recentes