Menu

Precisamos falar sobre como escolher a tinta sublimática perfeita

PNo nosso mercado existe uma grande variedade de marcas com diversos valores e tipos de tintas. O que nos devemos nos perguntar é: Será que as tintas são todas iguais mesmo? Como avaliar essa qualidade e seu fornecedor? 

Quando visito meus clientes, observo como as tintas se comportam em todos os sentidos. Sinto que sou privilegiado com meu trabalho: criar perfil de cores para os mais variados tipos de tinta, rip’s e equipamentos. Porém isso não é o mais importante, queremos falar sobre escolha. 

Você utiliza uma tinta original em seu equipamento, e a hora de trocar a tinta chegou. Tanto para reduzir os custos de produção, quanto aumentar a lucratividade em seu trabalho e até por outro motivo. 

Atualmente a variedade de preços não é muito grande, e isso pode representar uma economia aparentemente irrelevante. O que você realmente deve observar são as diferenças entre elas antes de fazer uma escolha. 

O primeiro passo para a escolha entre as tintas sublimáticas, é fazer uma pesquisa. Verifique se a tinta escolhida é apropriada ao seu equipamento. Afinal, a tinta deve ser compatível com sua cabeça de impressão. Se puder, consulte outros usuários que tenham o mesmo equipamento que o seu, para verificar como a tinta funciona com a impressora. 

Com essas informações em mãos, faça uma estimativa de quantos litros de tinta você necessita semanalmente ou mensalmente.  Coloque uma margem extra, para trabalhos de última hora que possam aparecer.  

O bom fornecedor tem um estoque contínuo para não deixar faltar tinta. Por incrível que pareça ,isso ainda acontece. E quem sofre com as consequências, são seus clientes, por você não poder entregar os trabalhos na data combinada. 

Outro detalhe essencial é: consultar a possibilidade de economia baseada na redução do consumo de tinta, porém sem alterar a qualidade de sua produção atual. Existem diferenças entre as tintas e de trabalho para trabalho. Afinal, dependendo da qualidade exigida você só consegue atingir as cores aumentando o consumo de tinta, então será que pagar menos cada litro compensa? 

Falando em cores, o fornecedor da tinta irá criar perfil de cores adequado para sua produção? Sim, um outro detalhe fundamental. Não basta trocar de tinta e começar a imprimir. É necessário criar um perfil de cores adequado a sua nova realidade, mesmo as tintas hoje em dia tendo uma maior compatibilidade entre elas, acredite o perfil de cores é indispensável.  

Um problema observado é a relação: pigmentação e densidade da tinta ao tipo do papel que está sendo utilizado no trabalho. Esta é a relação direta entre o consumo, qualidade de impressão e cores impressas. Será que o papel que utilizo atualmente também será compatível com a nova tinta? Vale muito a pena fazer um teste para verificar essa característica. Lembrando também que o tecido utilizado também influencia e muito no resultado final. 

Sempre  é interessante solicitar amostras do material de preferência ver algum equipamento igual ao seu imprimindo. Desta forma os problemas diminuirão e você terá uma simulação real de toda sua impressão. 

Você realizou todas as pesquisas, todos testes sobre a tinta escolhida, enviou seus arquivos para serem impressos, mesmo assim pode ocorrer algum problema?  

Tinta escolhida, todos os testes feitos e você esta batendo o martelo. E vem a grande dúvida: se por um motivo minha impressora começas a ter problemas? Meu fornecedor tem técnicos capacitados e preparados? Qual é a estrutura técnica do meu fornecedor? ? O que o fornecedor poderá fazer caso isso ocorra? 

Sim, tudo pode acontecer! 

O ato de “trocar a tinta” não é tão simples assim, envolve muitas variáveis e que muitas vezes passa desapercebido na fuga desenfreada por reduzir gastos a todo custo.   

Devemos realizar uma avaliação coerente, que muitas vezes nos coloca em situações nas quais o lado profissional fala muito mais alto. Com minha experiência neste mercado posso afirmar que já presenciei inúmeras empresas em plena ascensão quebrarem por não se atentarem aos detalhes, baseando toda sua produção na relação preço por litro. 

No mercado atual existe uma diversidade de tintas, tanto de excelente como de baixa qualidade. Caberá analisar os prós e contras sem considerar apenas a redução de valores, pois hoje percebo o seguinte quadro: redução de custo, qualidade diminuindo e a insatisfação do cliente aumentando. 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

– Publicidade –

Notícias Recentes

Cadastre-se

Fotos Recentes