Menu

O #vaivém das espectativas

Quando eu escutei o diretor de marketing do Santander, Igor Puga, dizer que, depois da Rede Globo, a mídia exterior é o que mais dá resultado, fiquei pensando em quantas empresas de outdoor fecharam. E em quantos empresários do segmento ficariam felizes em compartilhar essa afirmação.

Assim outros profissionais de mídia e marketing poderiam levar em consideração o poder da impressão numa placa onde transita seu público-alvo. Os meios avançam com o desafio das novas tecnologias, mas com a ideia de que impressão é coisa ultrapassada.

O próprio meio, na hora de promover, quer algo online. Se você não leu essa matéria. Procure baixa a edição passada. Outro dia eu estava conversando com um empresário que definiu 2018 como um ano de muitas expectativas.

Esbarraram em projetos, geraram muitas amostras e viram marcas abortarem campanhas pelos mais diversos motivos – da falta de planejamento e troca de comando ao cenário de instabilidade política e econômica.

O que eu acredito: este ano teria sido muito importante para as empresas de comunicação visual investirem tempo, atenção e dinheiro em pesquisa. Foi isso que Igor Puga fez no Santander.

E foi assim que ele descobriu que mídia exterior dá, sim, resultado. Ele empregou nisso 10% da verba de marketing, e no final das contas economizou 2,5 vezes mais do que gastou.

Nós não temos números absolutos, mas ousamos dizer que hoje 80% do PIB da comunicação visual brasileira recebe a nossa mensagem. Isso porque investimos significativamente em dados para levar notícias relevantes para um público específico.

Outro ponto é a construção de relacionamento com a ajuda da tecnologia – em contraponto a quem só dispara e-mails e faz campanhas em busca de “likes”. As métricas precisam ter um olhar de negócios e geração de caixa.

Quem sabe, estudando melhor os clientes em potencial, não deixamos algumas expectativas para trás? E assim, talvez, possamos transformar todas as formas de comunicação visual não na segunda, mas na primeira entre as opções de mídias mais rentáveis.

Eu acredito.

Desejo a todos um ótimo ano.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

– Publicidade –

Notícias Recentes

Cadastre-se

Fotos Recentes