A melhor direção para seu conteúdo

A melhor direção para seu conteúdo
26/01/2017   Publicado por Marco Marcelino  

Acompanhar, o tempo todo, as novidades que podem mudar os caminhos do seu negócio. Isso faz sentido para você? Então convido-o a acompanhar este meu raciocínio até o final deste editorial.

Duvido que alguma empresa conseguisse sobreviver nos dias de hoje emitindo notas em talões ou usando máquina de escrever. Parece óbvio, não é? Mas, atualmente, tentar divulgar o seu negócio distribuindo e-mails sem direção ficou igualmente arcaico. Não é mais isso que vai fazer o seu negócio decolar – se é que um dia funcionou…

É inegável que, hoje, ignorar os meios digitais é dar murro em ponta de faca. Quem é da geração digital talvez nem entenda esse ditado. Mas mais importante que identificar o sentido de velhas expressões é compreender o que é o digital: um conceito que vai muito além do uso de e-mails, sites e redes sociais. Tampouco é apenas um processo de impressão ou um tipo de marketing.

O digital é o meio que promove e dá escala ao conteúdo (a mensagem de uma marca) de forma maciça (como a TV ou jornal). E ainda consegue ser único, personalizado e assertivo (como uma mala-direta personalizada ou o e-mail marketing). Percebi que, ao mesmo tempo que o consumidor buscava uma camiseta personalizada e única, havia um espalhamento das tribos e o resignificado da classificação econômica pelas marcas.

Um bom exemplo é a Smart FIT, academia com igual proposta de valores e preços tanto para o jovem executivo dos Jardins quanto para o motoboy que presta serviço para ele. Foi aí que eu pensei: por que não uma revista em todas as plataformas (impressa, web, em aplicativo para tablets, smartphones, redes sociais, newsletter e ações consultivas de relações públicas)? Por que não uma técnica de distribuição específica para cada meio? Por que não focar nos interesses do empresário, além da impressão?

E, veja só, por que não mostrar aos nossos públicos toda a força da impressão digital, na qual até gigantes da internet, como Google e YouTube, investem? Foi justamente isso que fizemos até chegar à data de hoje – com um time de especialistas em conteúdo relevante sobre gestão de processos, gestão de marketing, gestão de vendas, gestão de pessoas, gestão financeira, etc. E uma lista com cerca de 480 mil empresas de vários e diferentes nichos da impressão. Sim, todos eles que fazem, influenciam ou compram impressão.

O alvo ideal de uma indústria que tende a crescer 25% ao ano. Melhor do que isso: é o nosso cliente que ajuda a escolher para quem vamos entregar o conteúdo da sua propaganda. Você precisa conhecer como isso se dá na prática. Tenho absoluta certeza de que vai ficar encantado com as possibilidades.

Quando iniciamos este negócio, há cerca de 17 anos, não imaginávamos outro cenário senão meramente uma revista sobre impressão serigráfica. Mas, o tempo passou, os processos evoluíram, e com eles o nosso interesse em falar sobre o digital além da impressão.

Falamos, para um público basicamente formado por empresários, sobre gestão financeira, de pessoas, economia, marketing e vendas. Buscamos os maiores especialistas mundiais para gerar um conteúdo de alta relevância, e entregamos com muito critério – sempre para os clientes potenciais de nossos clientes, sejam leitores, anunciantes e outros parceiros de negócio.

Assim, comprovamos que o conteúdo é lido a partir de um estímulo certeiro.

Afinal, qual empresário vai ignorar a melhor informação que o ajude a tomar a melhor decisão? Você pensa assim também? Vamos marcar um bate-papo.

Estou à sua disposição.

Marco Marcelino, diretor editorial




Notícias Relacionadas:

Não foram encontradas notícias relacionadas

Veja Também: